livro_insta

Xadalu – Movimento Urbano

No dia 11 de abril de 2017, na Casa de Cultura Mario Quintana, foi lançado o livro Xadalu – Movimento Urbano. Com realização da JONER, o projeto foi contemplado pelo edital 03/2015 PróCultura RS – FAC #juntospelacultura. Além do livro, o projeto compreende uma série de ações, como conversas com o artista, produção de um caderno pedagógico e desenvolvimento de um aplicativo de realidade aumentada.

A publicação apresenta a produção do artista Dione Martins (Xadalu) e a situa no contexto da arte urbana através de textos de autores como Francisco Dalcol, Vitor Mesquita, André Venzon e Adauany Zimovski. O trabalho do artista tem uma profunda relação com a arte e a cultura indígenas do Estado do Rio Grande do Sul, e seu envolvimento com a causa Mbya-guarani traz luz para a questão do resgate e continuidade da cultura indígena no RS.

Para a realização da publicação, foram convidados Ariel Ortega (Kuaray Poty) e Patrícia Ferreira (Kerexu), moradores da Aldeia Mbya-Guarani Koenju, na cidade de São Miguel das Missões-RS. Eles são colaboradores na elaboração do caderno pedagógico que integra a publicação e será voltado ao público infanto-juvenil. O material conta com conteúdos de relevância cultural e artística que abordam o tema do projeto.

O projeto também compreende o desenvolvimento de um aplicativo exclusivo, com recurso de Realidade Aumentada. Através de colagens feitas em pontos específicos da cidade, o transeunte pode acessar um conteúdo virtual relacionado ao projeto, usando smartphones ou tablets. Esses conteúdos também funcionam como link para as páginas do projeto nas redes sociais.

Como ação de lançamento da publicação, foram realizadas apresentações do projeto em Porto Alegre e São Miguel das Missões, com a participação Xadalu e convidados. O livro também foi lançado na Europa, com a presença do artista em 6 países.

Quarenta por cento da tiragem da publicação foi doada para as seguintes aldeias indígenas:  Aldeia Koenju (São Miguel das Missões); Aldeia Pindó Mirim (Viamão); Aldeia Nhundy, (margens da RS040 em Águas Claras, Viamão); Aldeia Pindó Poty (Porto Alegre).

facebook.com/xadalumovimentourbano
instagram.com/xadalu_movimento_urbano

Clique aqui para baixar o pdf do livro

Sobre o artista

Dione Martins da Luz (Xadalu) n. 1985, Alegrete/RS – Vive e trabalha em Porto Alegre.
O personagem Xadalu surge pela primeira vez em 2004, como uma forma de manifestação artística, trazendo luz ao tema da destruição da cultura indígena, abordando essa e outras causas sociais e ambientais. Xadalu está presente em mais de 60 países, atingindo os 4 continentes, fazendo parte de um cenário mundial da arte urbana contemporânea, participando de exposições e diversos festivais de arte, com obras em acervos de museus do Rio Grande do Sul, sempre com foco na informação e conscientização dos temas abordados. Dione tem fortalecido sua relação com comunidades indígenas do estado do Rio Grande do Sul, sempre buscando formas de contribuição e apoio aos moradores das aldeias. Da mesma forma o artista está atento às demandas dos bairros periféricos, ministrando cursos e oficinas em escolas e comunidades.

 

[social_share/]